fbpx

Como estruturar novas ações de marketing digital com as mudanças no Facebook?

Compartilhe:

Blog B2B Host | Marketing Digital - Como estruturar novas ações de marketing digital com as mudanças no Facebook?
Blog B2B Host | Marketing Digital – Como estruturar novas ações de marketing digital com as mudanças no Facebook?

Como estruturar novas ações de marketing digital com as mudanças no Facebook?

Anunciar no Facebook – Os anúncios do Facebook estão evoluindo e isto significa que é necessário entender como sua empresa coleta e usa informações captadas dos usuários, através deste canal.

Em julho, o Facebook anunciou a remoção das categorias do Google Partners de sua interface de publicidade. Posteriormente, estendeu a data para 15 de agosto, dando aos profissionais de marketing digital algumas semanas para se planejar e atualizar suas contas.

O Facebook também está preparando algumas mudanças e várias entrarão em vigor no final de 2018.

Há boas razões para atualizações dos recursos: o fiasco da Cambridge Analytica expôs as opções detalhadas de segmentação da plataforma de mídia social e o compartilhamento de informações pessoais. As revelações públicas levaram o Facebook a receber alguns processos judiciais.

Por exemplo, o Facebook em breve deixará de exibir estimativas de alcance do público para qualquer campanha que use “Segmentação por público-alvo personalizada”. É uma grande mudança, já que o público personalizado tem sido um recurso que define a plataforma dos anúncios do Facebook. Eles permitem que os anunciantes explorem qualquer segmento de público-alvo e compreendam melhor as tendências, desde comportamentos no mercado ou de compras até idade, sexo, renda familiar e outros pontos demográficos.

As atualizações que estão por vir podem ser considerados como um passo decisivo em direção a um modelo de publicidade mais orientado para a privacidade.

Estas mudanças trarão impacto para os profissionais de marketing digital, vamos citar algumas delas e ações que podem ser tomadas para minimizar estes impactos.

Novos termos e condições

Você deve aceitar os novos Termos e Condições de uso para públicos personalizados sempre que fizer o upload de um público-alvo personalizado. Isso é para garantir que você e sua empresa tenham permissão para usar os dados incluídos nas audiências.

Adeus, parceiros.

O Facebook eliminará gradualmente as categorias do Google Partners que permitiram que os anunciantes segmentassem com base em dados de terceiros de marcas de dados conhecidos.

Essa colaboração permitiu maior integração entre os canais, como display, vídeo para citar alguns exemplos.

Se você depende de propriedade, investimentos, cartões de crédito e outras informações, precisará reestruturar sua estratégia de segmentação. Se você perder as fontes substanciais de tráfego, considere o uso de públicos alvo semelhantes para ajudar a compensar essa perda.

Outra estratégia para anunciar no Facebook: teste vários públicos alvo pequenos até encontrar os mais lucrativos para sua marca.

Compartilhamento de público alvo.

Antes de compartilhar uma conta com uma conta do Facebook Ads pertencente a outro gerente de negócios, você e o outro titular da conta devem configurar um relacionamento de compartilhamento de público alvo.

Fornecimento de informações.

Para se alinhar aos novos padrões de transparência do Facebook, os anunciantes agora serão obrigados a compartilhar a fonte de suas informações de público alvo por meio da Ferramenta de Certificação de Audiência Personalizada.

Os anunciantes devem especificar se a empresa coletou a lista de público alvo ou a obteve por meio de um parceiro / broker compartilhado, como Cambridge Analytica ou GDPR, para fazer o upload como se fosse sua.

Os usuários, por sua vez, poderão verificar os motivos pelos quais estão vendo um anúncio. Isso significa que os profissionais de marketing não poderão usar listas, a menos que as pessoas tenham concordado especificamente em fazer parte dessa lista.

B2B Host | Marketing Digital . Serviço SEO - Ganhe 30 dias gratuitos de consultoria SEO!
B2B Host | Marketing Digital . Serviço SEO – Ganhe 30 dias gratuitos de consultoria SEO!

A boa notícia para profissionais de marketing é que, primeiro, o Facebook não pode perder seus anunciantes. A publicidade móvel gera 90% da receita do Facebook.

Segundo, os profissionais de marketing ainda podem reunir informações combinando as estratégias corretas de interesse e definindo seus públicos mais promissores.

No entanto, a questão permanece: será este o começo do fim da era da coleta e coleta de informações abundante que impulsionou a eficácia do marketing digital para as marcas? Os anunciantes terão que esperar para ver como essas mudanças afetam a receita do Facebook e suas políticas futuras.

Tem algo a dizer sobre este artigo? Comente abaixo ou compartilhe conosco no Facebook, Twitter ou no nosso LinkedIn.

Leia também:
5 novas regras para seus vídeos promocionais terem mais sucesso.
19 Ferramentas de Marketing Digital para promover o seu site.
8 maneiras de garantir que seus e-mails não caiam no SPAM do Gmail.


Compartilhe: