fbpx

Como comercializar cursos on-line para gerar leads?

Compartilhe:

Blog B2B Host | Hospedagem de Sites - Como comercializar cursos on-line para gerar leads?
Blog B2B Host | Hospedagem de Sites – Como comercializar cursos on-line para gerar leads?

Como comercializar cursos on-line para gerar leads?

O mundo dos cursos on-line ficou cada vez maior. Tanto que não são apenas as universidades que estão a bordo. Os especialistas perceberam que podem usar sua autoridade para construir uma base de estudantes dispostos a aprender com eles. Isso levou a milhares de cursos on-line gratuitos e pagos que são usados como uma tática de marketing para diferentes marcas.

Se você está lendo isso, pode-se supor que você está, pelo menos, interessado em fazer um curso. Ou talvez, você já tenha um e não saiba como promovê-lo. De qualquer forma, aqui estão 11 maneiras de gerar leads publicando seu curso para o público.

1 – Conheça seu público ANTES de criar seu curso.

Para aqueles que ainda não criaram um curso, este é o melhor primeiro passo que você pode dar. Você provavelmente tem uma ideia geral de quem você está procurando para educar. Mas quão específico é esse grupo? Ter uma mentalidade demográfica mais sólida em mente vai ajudá-lo a criar um curso mais equilibrado e útil.

Digamos que você queira criar um curso sobre como criar um arquivo de rejeição. Você não gastaria a primeira metade do curso passando por cima do que essas atualizações são e o que elas significam, e como o SEO se aplica ao tráfego do site. Você diria que eles já sabiam disso, pelo menos.

Pesquisando o Google para suas palavras-chave de foco vai ajudar muito quando se trata de compreender o seu público-alvo. Os resultados de pesquisa do Google se adaptam às necessidades dos usuários: o Google aprendeu a oferecer aos usuários exatamente o que eles querem. Agora, podemos aprender com os resultados do Google, o que nossos clientes precisam.

2 – Entenda o que torna seus cursos on-line únicos.

Existem tantos cursos por aí agora. Se você não está oferecendo algo especial, ninguém vai morder a isca. Você deve predicar sua promoção sobre o que é que você tem para oferecer que é diferente de todos os outros.

Se você tem uma marca bem estabelecida, basta oferecê-la sob esse banner. Se não, você pode começar a pensar em alguns ângulos que você pode usar em um processo de tentativa e erro para descobrir qual é a maneira mais eficaz de anunciar seu curso.

3 – Monitore sua competição.

Eu estava debatendo qual colocar primeiro: o ponto sobre ser único ou este. Muito claramente, nunca se vai sem o outro. Em qualquer setor, há sempre uma marca que se posicionou como um centro de conhecimento, ou seja, o líder da educação de nicho. Na indústria de SEO, temos a Moz, por exemplo, que oferece perguntas e respostas, vídeos semanais, guias para download e muito mais.

Se você está tentando se tornar um centro de conhecimento em seu setor, precisa monitorar os líderes existentes para ter uma ideia melhor do que eles criam, como envolvem os leitores e como eles os transformam em leads.

4 – Faça uma pesquisa com estudantes em potencial.

Uma forma rápida para obter a perspectiva única acima mencionada é descobrir quais são os seus potenciais alunos e o que estão procurando cursos on-line. Se eles estão procurando, isso deve significar que eles não o encontraram em todos os outros que estão flutuando na web. É um bom lugar para começar ideias.

Experimente o Wyzerr para coletar feedback: ele reproduz a experiência de levantamento, tornando-o mais divertido e envolvente. Existem muitas outras opções de pesquisa que se integram diretamente ao seu blog WordPress.

5 – Use uma plataforma que ofereça flexibilidade.

Há plataformas gratuitas de hospedagem de cursos por aí, mas elas têm pouco ou nenhum controle sobre qualquer item: branding, preços, links, etc. Você pode enviar atualizações para seus alunos, mas não pode adicionar links nelas, o que também é extremamente limitado.

Se você tiver pelo menos algum orçamento, considere o uso de uma solução mais avançada que permita a criação de ímãs de geração de leads, páginas de destino de geração de leads e ofertas especiais de geração de leads.

O Uscreen é uma das melhores soluções e é muito acessível também. Você poderá marcar seu curso, colocá-lo em seu próprio domínio, programar boletins informativos e ofertas especiais e muito mais. Você também poderá criar facilmente seu próprio aplicativo para oferecer a seus alunos um acesso móvel prático (e mantê-los envolvidos com notificações por push).

6 – Use Múltiplas Plataformas Promocionais.

Seu blog e Twitter são lugares óbvios para promover seus cursos on-line. Mas e uma landing page? Um canal do youtube? Vídeos do YouTube? Posts no Instagram? Histórias Snapchat um teasers? Reddit? Tumblr? Slideshare?

Você pode realmente expandir além da plataforma média e ter um lançamento promocional completo que aproveita as diversas formas de mídia às quais diferentes pessoas respondem. Você poderá ter vídeos, apresentações de slides, infográficos, postagens em blogs, postagens em mídias sociais, entrevistas em podcast qualquer coisa que você conseguir, pode atingir um público diferente que possa responder melhor as formas variadas de promoção.

7 – Não use apenas um único formulário de aprendizado.

Assim como nem todo mundo responde a uma única forma de promoção, nem todos aprendem da mesma maneira. É por isso que os cursos on-line universitários on-line usam vídeos, gráficos, perguntas escritas e discussões para ajudar os alunos a aprender o material. É uma ótima maneira de garantir que todos aprendam algo de uma maneira que seja benéfica para eles.

Uma das melhores maneiras de promover um curso é poder se gabar dessa abordagem multifacetada de aprendizagem. Se eles souberem que não vão ler apenas páginas e páginas de conteúdo seco, estarão muito mais dispostos a se inscrever. Isso significa mais trabalho para você, mas vale a pena.

8 – Aproveite o marketing por e-mail.

Lembre-se dessa dica sobre como obter endereços de e-mail? E-mail marketing continua a ser uma das formas mais eficazes de marketing disponíveis. Para pequenas e médias empresas, a taxa de cliques versus taxa de abertura é muito boa e o fato de que todos têm o telefone conectado ao e-mail, significa que você também tem cobertura móvel.

Se você puder criar uma lista de e-mail ou mesmo incorporar e-mails diretamente ao seu curso, você terá muito mais sucesso. Além disso, você pode usar uma lista de e-mail para cursos on-line futuros.

9 – Ofereça uma versão condensada gratuitamente.

A suposição é que você está cobrando algo pelo seu curso. Mas mesmo se você não for, você deve ter uma versão condensada gratuita que atue como um “mini-curso”. Isso leva algumas das ideias, dicas e lições que você fez para o seu curso maior e oferece algo mais rápido.

Pode parecer que você está dando o curso de graça. Mas isso, na verdade, atiça o apito de qualquer um que considere fazer o curso e ainda não tem certeza se quer investir tempo, energia e dinheiro nisso.

Pense em um minicurso como o ímã do lead gen.

10 – Tenha promoções, pacotes ou oportunidades de desconto.

Planejando fazer vários cursos? Tem um serviço, produto ou e-book? É uma ótima oportunidade para adoçar o negócio com pacotes. Se não, você pode criar promoções, descontos e vendas que dão às pessoas o seu curso por menos.

Uma das maneiras mais eficazes de usar essa tática é oferecer um desconto para as primeiras vinte pessoas que se inscreverem.

11 – Entre na Comunidade.

Você sabia que você provavelmente tem encontros ao vivo em sua comunidade sobre o que você está ensinando? Veja sobre a adesão verificando sites como o Meetup.com. Junte-se a subreddits localizados e a grupos do Facebook. Comece o seu próprio.

Isso lhe dá a chance de falar, encontrar outros pessoalmente e começar a promoção local.

E que tal, começar a divulgar o seu curso on-line através do Google Adwords? Comece agora.

Você tem alguma dúvida? Deixe-nos nos comentários abaixo!


Compartilhe: