fbpx

Como iniciar um blog em WordPress?

Compartilhe:

Blog B2B Host | WordPress - Como iniciar um blog em WordPress?
Blog B2B Host | WordPress – Como iniciar um blog em WordPress?

Começar um blog WordPress é uma maneira divertida de se expressar e compartilhar seus pensamentos e experiências com sua comunidade online ou até mesmo, pode ser uma ferramenta de marketing eficaz para o seu negócio.

O WordPress é um sistema livre e de código aberto de gestão de conteúdo para internet (do inglês: Content Management System – CMS), baseado em PHP com banco de dados MySQL, voltado principalmente para você criar o seu próprio site ou seu blog.

Quaisquer que sejam suas razões para querer começar um blog, tudo que você precisa saber é que é super fácil criar seu blog WordPress.

E por isto, ultimamente é possível perceber uma explosão online de blogs, de todos os assuntos possíveis. O bom disso é que isso dá aos blogueiros uma maneira de comparar suas criações com outros blogueiros com interesses semelhantes.

Por outro lado, destacar-se da multidão exigirá muito trabalho, se você for fazer o certo.

Então, como começar um wordpress blog?

Vamos olhar para os assuntos essenciais que você deve considerar para se preparar e blogar.

1 – Planeje seu blog

Esta é a parte divertida, onde sua imaginação pode correr solta. Talvez você tenha uma ideia do que seu blog será, ou tudo o que você tem é um simples esboço ou conceito. Todos são bons lugares para começar do ponto de vista criativo.

Se você tiver mapeado seu blog e estiver pronto para usá-lo, pense em quantas vezes planeja atualizá-lo e em como o calendário de publicação será exibido.

Você é o tipo de pessoa que tem que publicar em um cronograma, ou você se vê liberando suas atualizações em ataques de criatividade, e então fica dormente por um tempo? Se você ainda não pensou sobre esse aspecto do seu blog, é importante descobrir isso, pois os leitores precisam saber quando esperar novos conteúdos de você.

A próxima parte do seu planejamento deve envolver finanças. Qual é o seu orçamento? Você está procurando fazer o seu blog profissionalmente, ou você vai fazer a rota DIY? Esta é provavelmente a maior decisão que você fará nos estágios iniciais da criação do seu blog, e é uma que afetará como você desenvolverá a plataforma daqui para frente.

A maioria das pessoas optam por ir com a abordagem DIY nos dias de hoje, mas há também um monte de fornecedores acessíveis por aí que podem agitar um site para você, se você não deseja lidar com isso sozinho.

Blog B2B Host | Hospedagem de Sites – Criador de Sites e Registro de domínio grátis!
Blog B2B Host | Hospedagem de Sites – Criador de Sites e Registro de domínio grátis!

2 – Decidir sobre uma estrutura, tema e layout

A essa altura, você já deve saber sobre o que vai escrever então a próxima grande decisão que você precisa tomar é como você planeja estruturar seu blog.

Isso inclui o layout gráfico e fotográfico, se você decidir usar imagens para melhorar seu site. Se você está buscando um blog para compartilhar sua arte de qualquer forma, a escolha de um layout que mostre fotos é uma ótima maneira de divulgar seu trabalho.

Os layouts de página padrão do WordPress abordam essas questões, oferecendo quatro opções diferentes para você escolher ao criar a página inicial do seu blog. Isso determinará a aparência da sua página e o conteúdo que você quer compartilhar.

A primeira opção define o layout como uma lista de seus posts mais recentes. Esta é a melhor opção para escritores que publicam histórias ou qualquer conteúdo que tenha muito texto envolvido. Isso torna mais fácil para os seus leitores navegar por suas postagens quando elas são exibidas em uma lista.

Se o seu trabalho envolver fotos, tente usar o layout de grade, pois isso mostra as miniaturas de cada foto e é uma maneira atraente de exibir sua mídia.

As outras duas opções são voltadas para lojas on-line e uma página de boas-vindas padrão.

Existem literalmente milhares de temas para você escolher na plataforma WordPress. Você pode escolher quase todas as cores e configurações que desejar, tornando as possibilidades quase infinitas.

A disponibilidade de plugins gratuitos é uma das razões pelas quais o WordPress é tão popular, e torna o design web interessante e simples, acelerando o processo e simplificando-o ao mesmo tempo. A facilidade de integrar o seu blog com as redes sociais também é um grande diferencial do WordPress.

3 – Faça sua pesquisa

Você pode já ser um especialista no assunto do seu blog ou pode estar usando a plataforma de blog para saber mais sobre um tópico e compartilhar suas descobertas com outras pessoas. Ambas as abordagens podem funcionar, dependendo do estilo e objetivo do seu blog.

Mas se você quiser que seu blog alcance algum sucesso, você precisará aprender o máximo possível sobre o básico dos blogs. Isso inclui coisas importantes, como palavras-chave e SEO, e como elas podem afetar a classificação do seu blog.

Você também vai querer aprender sobre tantas dicas e truques do WordPress quanto puder enquanto pesquisa sua ideia de blog, o que fará de você um blogger de WordPress muito mais proficiente em geral. Tudo isso é necessário para que você tenha uma ideia melhor de como reunir seu blog e notá-lo pelas pessoas certas.

Em seguida, confira os outros blogs semelhantes sobre o mesmo tópico. Isso pode realmente ajudar a apontar na direção certa se você está lutando para definir um tema ou uma missão geral para o seu blog. Isso não apenas serve como uma fonte de inspiração, mas também pode ajudá-lo a entender o quão popular um blog como o seu tem o potencial de se tornar.

Isso não significa que você precisa copiar um blog bem-sucedido para encontrar popularidade e sucesso. Pelo contrário. É apenas uma maneira de você ver como os diferentes elementos de um blog podem se unir para criar um recurso on-line fantástico para seus usuários.

Inscreva-se em alguns boletins informativos diferentes e descubra o que é popular entre as comunidades de cada blog e veja se ele está de acordo com o que você está fazendo. Tudo o que resta para você fazer é amarrar todas essas informações com o SEO e Google Analytics do seu blog e você poderia estar em uma fórmula vencedora. Só é preciso alguma pesquisa e algumas boas ideias.

4 – Marcar e categorizar

Se você já sabe tudo sobre classificações em sites do WordPress, provavelmente pode pular esta parte. Para todos os outros, tudo o que você precisa saber é que Categorias e Tags facilitam muito a localização de tópicos ou frases específicas no seu blog.

Isso não é o mesmo que palavras-chave, que os mecanismos de pesquisa usam para classificar seu blog nos resultados da pesquisa. Em vez disso, uma tag é apenas um indicador que permite que as pessoas saibam que o artigo ou blog que você postou está em um tópico específico. A principal coisa a lembrar é que suas tags devem ser relevantes para o conteúdo que você publica; caso contrário, você confundirá seus leitores.

As categorias que você configurou para o seu blog não precisam ser nada muito complicadas, apenas pretenda ter no máximo 8 a 10 delas se você não quiser começar a bagunçar o layout do seu site.

5 – Reserve um tempo para o seu blog

Começar qualquer coisa nova pode ser assustador no começo, mas depois de conseguir alguns posts no blog e todo o conceito de blogar se tornou normal, você precisa começar a pensar em disciplina.

Usar seu blog como uma saída criativa é ótimo, mas como você provavelmente já sabe, aguardar inspiração pode não ser confiável, especialmente se você estiver tentando obter conteúdo para seus leitores regularmente.

Alguns blogueiros categorizam suas postagens e lançarão conteúdo real sempre que estiver pronto, mas ainda atualizarão o blog com outras informações, como acontecimentos e eventos interessantes à medida que se desenvolvam.

Um blog que não é atualizado faz com que as pessoas percam o interesse, por isso, certifique-se sempre de nunca deixar seu blog desacompanhado por mais de um dia ou dois, se possível.

Para aqueles que precisam de mais estrutura, pense em configurar lembretes diários na agenda do seu telefone ou em um equivalente on-line semelhante. Há uma abundância de calendários on-line gratuitos, escolha o seu favorito e pense em configurar o cronograma de publicação.

Lembre-se de que você sempre terá distrações que parecem ser mais importantes do que as atualizações do seu blog, então a disciplina é crucial se você quiser manter seus fãs voltando para mais de seu conteúdo estelar.

B2B Host | Marketing Digital . Serviço SEO - Ganhe 30 dias gratuitos de consultoria SEO!
B2B Host | Marketing Digital . Serviço SEO – Ganhe 30 dias gratuitos de consultoria SEO!

6 – Antes de lançar, faça estoque de conteúdo.

Ninguém quer visitar um site vazio e os resultados da pesquisa omitem sites que não têm conteúdo real. Portanto, para remediar isso, você precisará preparar um conteúdo antes do lançamento, mesmo que seja apenas um ou dois posts do blog.

Quanto mais conteúdo você tiver no dia do lançamento, maior a probabilidade de atrair visitantes para o seu blog e mostrar a eles o que você pode fazer.

É muito mais provável que os novos usuários voltem a um blog que tenha conteúdos do que a um vazio, por isso, certifique-se de ter conteúdo suficiente on-line ao iniciar seu website.

No entanto, o upload de conteúdo no dia do lançamento é apenas metade da batalha. Você também precisa manter seu site atualizado, então você precisará continuar escrevendo, postando fotos e atualizando seu blog sempre que puder.

Lembre-se de que as pessoas adoram atualizações diárias, mesmo que sejam apenas pequenas informações. Plugins de mídia social são uma ótima maneira de manter seu blog atualizado, especialmente se você usa o Twitter e o Instagram. Certifique-se de fazer check-in com frequência e monitorar seu tráfego, pois isso pode mostrar o que seus leitores gostam.

7 – Compartilhar é se importar

À medida que seu blog se torna mais popular, você descobrirá que existem outros sites semelhantes por aí que compartilham alguns interesses em comum com você e seus usuários. Se você está conectado com blogueiros que pensam como em mídias sociais, não se esqueça de compartilhar o conteúdo deles com seus seguidores, assim como os seus.

Você não precisa exagerar com o compartilhamento, mas é importante que outros blogs vejam que você está ativamente envolvido com pessoas que seguem os mesmos interesses que eles, tornando-os mais receptivos à sua plataforma. E quem sabe, talvez eles vão começar a compartilhar seu conteúdo entre seus próprios seguidores, especialmente se for bem escrito e pesquisado.

8 – Seja original

Seu público espera muito de você; o conteúdo que você produz deve ser divertido de ler e divertido ao mesmo tempo, ou valioso de alguma maneira tangível. Se você está escrevendo um blog pessoal, certifique-se de colocar em todos os pontos que você está tentando fazer de uma forma genuína e sincera que reflete quem você é.

Os leitores são rápidos em despejar um blog se sentirem que a pessoa que estão seguindo não está levando a sério, então tenha isso em mente. Os mesmos princípios se aplicam mesmo se você estiver postando vídeos e imagens e não apenas escrevendo, por isso, mantenha as coisas originais e não tenha medo de ser você mesmo.

9 – Obtenha conhecimento técnico com o Google Search Console

Já sabemos que precisamos aprender mais sobre SEO e como as palavras-chave podem ajudar seu blog a ser notado com mais frequência, mas que outras ferramentas o Google oferece além do Google Analytics?

A boa notícia é que existem várias soluções diferentes do Google para os blogueiros usarem, o que as ajudará a se classificar muito melhor nos resultados de pesquisa, o que equivale em mais visitantes do site.

Uma ferramenta bem conhecida do Google é chamada de Google Search Console, anteriormente conhecida como Ferramentas do Google para webmasters. Ele funciona medindo o tráfego de busca e o desempenho do seu site, ao mesmo tempo em que corrige problemas comuns que fazem seu blog aparecer em menos pesquisas.

Ele também otimiza seu conteúdo e mostra como os visitantes estão encontrando seu blog. O Google Search Console é uma ferramenta poderosa que o alertará sobre qualquer problema que possa ter passado despercebido quando você lançou o blog pela primeira vez, e você poderá corrigir os problemas sozinhos. A melhor parte? É grátis!

10 – Não desista!

Lembre-se de ser paciente e perseverar, especialmente no começo. Não é incomum que um novo blog receba pouca atenção quando é lançado pela primeira vez, e há algumas razões para isso.

Não desanime se suas estatísticas não estão passando tão rápido quanto você gostaria, leva tempo. Lembre-se de aplicar as técnicas de melhores práticas de SEO em sua página se você achar que ainda não está obtendo tráfego depois de algumas semanas, porque as chances são fortes de que alguns ajustes no seu jogo de SEO irão empurrar as coisas bem.

Há um ato de equilíbrio que você precisa executar para executar com sucesso o seu próprio blog WordPress.

Por um lado, você precisa ser criativo e produtivo, enviando atualizações e conteúdos o máximo possível.

Por outro lado, você também precisa ser seu próprio promotor e anunciante, divulgando o máximo de pessoas possível. Não é uma coisa fácil de fazer, então não seja muito duro consigo mesmo se estiver achando difícil encontrar um equilíbrio entre os dois. Tudo vem com um pouco de prática e muita determinação.

Para criar um blog é muito simples! Você pode instalar o seu blog seguindo o passo a passo orientado em nosso tutorial. Após instalar o seu WordPress basta escolher um tema que está de acordo com o seu projeto. Existem alguns exemplos de temas gratuitos disponíveis no próprio WordPress.

Para criar blog WordPress, não há limites para o que você pode fazer com um blog on-line, independentemente de estar procurando transformá-lo em um negócio ou de buscar blogs como um hobby.

Você já começou seu próprio blog ou ainda é apenas uma ideia que você está considerando? Conte-nos tudo sobre isso! Comente abaixo ou compartilhe conosco no Facebook, Twitter ou no nosso LinkedIn.

Leia também:


Compartilhe: