fbpx

5 etapas para você criar uma estratégia digital para a sua empresa.

Compartilhe:

Blog B2B Host | Primeiros Passos – 5 etapas para você criar uma estratégia digital para a sua empresa.
Blog B2B Host | Primeiros Passos – 5 etapas para você criar uma estratégia digital para a sua empresa.

Estratégia Digital – Para qualquer empresa crescer e ter sucesso on-line, é preciso haver um equilíbrio saudável entre conhecer o seu cliente, conhecer o seu próprio negócio e seus recursos reais.

Para isto realmente acontecer, você precisa aplicar estas informações em uma estratégia digital.

O cenário digital está evoluindo rapidamente, e isso mudará os comportamentos e expectativas de seus clientes. Por isto, é preciso uma revisão constante do conteúdo de sua estratégia digital.

O que é uma estratégia digital?

Uma estratégia digital pode ser definida como: “uma forma de gerenciamento estratégico e uma resposta comercial ou resposta a uma questão digital, muitas vezes melhor abordada como parte de uma estratégia geral de negócios”.

Essa seção sobre como fazer parte da estratégia geral de negócios é fundamental. Muitas estratégias digitais ficam aquém quando se tornam criativas demais e não estão alinhadas com o que a empresa realmente pode alcançar, ou perdem o foco no que o cliente realmente quer.

Entregar uma estratégia digital ruim, não afeta apenas a reputação da sua marca on-line, mas pode custar-lhe o seu negócio. A primeira vítima real disso foi boo.com, que se tornou vítima de sua própria má estratégia digital em 2000. Este exemplo é usado como “o que não fazer” para muitas estratégias digitais de comércio eletrônico, até hoje.

Você pode estruturar uma estratégia digital em cinco etapas, são elas:

1 – Crie uma análise SWOT

Realizar uma análise SWOT pode parecer que você voltou à escola, mas ainda é uma maneira realmente útil de obter uma visão de alto nível dos fatores internos e externos do negócio e identificar os principais problemas desde o início.

Para poder começar a desenvolver uma estratégia digital, faça a análise SWOT com foco em:

• Aquisição
• Conversão
• Retenção
• Crescimento

2 – O que seus clientes querem?

Não adianta conduzir grandes quantidades de tráfego para o seu site, se tudo o que você vai conseguir é uma pilha de formulários com spam preenchidos. Coletar dados sobre os clientes não é novidade, mas saber por onde começar a extrair esses dados de seu sistema de CRM, ou saber o que capturar, em geral, é uma tarefa bastante assustadora.

Aqui estão as principais opções de segmentação para usar em uma estratégia:

Atributos do cliente: idade, graduação, sexo, preferências tecnológicas, perfil econômico, etc. Para muita sorte, esses dados são muito fáceis de pegar no Google Analytics.
Valor para o cliente: sem dúvida, você desejará saber qual é o valor vitalício de cada um dos diferentes clientes. Isso permite segmentar itens como compradores recorrentes, compradores únicos, etc., e segmentá-los com métodos diferentes.
Comportamento do cliente: descubra seus hábitos de maneira não-assustadora: qual é o método de compra preferido deles? Mesmo considerando isso em termos de geração de leads, existem muitas ferramentas disponíveis que permitem o acesso a essas informações, como mapeamento de calor, Gerenciador de tags do Google e rastreamento de chamadas.
Canais do cliente: descubra que partes do funil você está tocando no seu cliente. Não olhe apenas para o modelo de atribuição de último clique, analise cada etapa para avaliar em quais canais se concentrar para cada segmento.

Agora é hora das coisas divertidas, já que tudo isso faz parte das personas dos clientes. É aqui que você reúne todos os itens acima em seus principais clientes 4-5 (ou talvez mais) e seus hábitos e valor. Normalmente você também pode brincar com algumas imagens nesta etapa, mas você basicamente forma um perfil bem preciso para cada um dos seus diferentes tipos de clientes e, a partir daqui, é capaz de escolher os métodos que serão mais úteis, eficaz, e desenhar a maior quantidade de vendas / leads.

B2B Host | Marketing Digital . Anunciar no Google - Coloque o seu site em primeiro lugar no Google!
B2B Host | Marketing Digital . Anunciar no Google – Coloque o seu site em primeiro lugar no Google!

3 – Defina sua proposta de valor

Sabemos quem é o cliente e sabemos o que ele tem no café da manhã, mas agora precisamos saber qual é o valor do nosso próprio produto. Uma proposta de valor on-line responde a perguntas como quem somos, o que oferecemos, quais mercados atendemos e o que nos torna diferentes.

Mas é mais do que apenas uma proposta de venda, já que mostra o que você pode oferecer em termos de conteúdo, produtos, serviços e experiências para envolver os clientes on-line.

A proposta de valor amplia essa diferença, pois identifica as razões pelas quais os clientes clicam, retornam, registram ou compram de seu site e idealmente se sentem motivados o suficiente para compartilhar sua experiência – o último ponto sendo fundamental em uma época em que o cliente cada vez mais define a marca.

A proposta de valor do cliente deve declarar os benefícios intrínsecos que um visitante obterá do site, conteúdo, serviço da Web ou funcionalidade – e como isso se relaciona ao produto ou serviço geral. Não pode ser simplesmente a promessa da sua marca ou uma proposta de valor ao cliente mais geral presa on-line, pois isso deixa de perceber que alguém está no seu site agora e se faz perguntas como “o que há nisso para mim?”.

4 – Defina metas e KPIs

A fim de garantir que sua estratégia digital se torne um sucesso, uma grande parte disso é poder definir metas realistas para o crescimento dos negócios. O que você está crescendo? Comece examinando o básico e trabalhe a partir daí:

Tamanho do seu público – alvo: é assim que os clientes acessam seu site, medido principalmente por meio de sessões no Google Analytics.
Qualidade: são objetivos para alcançar interação e conversão com os visitantes do site. As taxas de conversão para seus elementos de comércio eletrônico ou páginas de consulta serão mais importantes aqui.
Valor: Este é o lucro e o valor real de seus produtos e serviços. Você deve definir objetivos para o que você vê como o valor único e vitalício de um cliente, para que você possa avaliar quanto investir em marketing digital.

5 – Delinear um plano

Em seguida, você precisa definir como vai entregar tudo e garantir que esteja segmentando clientes em vários estágios do funil de compras / vendas. Essas quatro etapas das atividades de marketing digital são projetadas para ajudar as marcas a envolver seus clientes.

Conscientize sua marca: seus produtos e serviços, maximizando o alcance ao longo do tempo para criar várias interações usando diferentes pontos de contato pagos, SEO, CRO social e digital.
Interaja com seu público: Como você convencerá os visitantes ou clientes em potencial a dar o próximo passo, como “Ver produto”, “Adicionar ao carrinho”, “Registrar” ou “Inscrever-se”?
Conversão para venda: isso envolve fazer com que seu público tome o próximo passo vital, que o transforma em cliente pagante, independentemente de o pagamento ser feito por meio de transações de comércio eletrônico on-line ou de canais off-line.
Plano de Engajamento de Longo Prazo: Desenvolver um relacionamento de longo prazo para aumentar a fidelidade do cliente como compras repetidas usando comunicações em seu site, presença social, e-mail e interações diretas.

Para as empresas comprometidas com o crescimento e a transformação, a chave é garantir que sua estratégia digital seja voltada para o cliente e para o valor e não apenas uma lista de medidas para cortar custos.

Esperamos que estes cinco passos ajudem você a focar nisso. Se você gostaria de conversar com um de nossos estrategistas sobre o desenvolvimento de sua própria estratégia digital, entre em contato conosco hoje.

Tem algo a dizer sobre este artigo? Comente abaixo ou compartilhe conosco no Facebook, Twitter ou no nosso LinkedIn.

Leia também:


Compartilhe: